sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Maria Archer



Maria Emília Archer Eyrolles Baltasar Moreira, conhecida como Maria Archer (Lisboa, 4 de Janeiro de 1899 - Lisboa, 23 de Janeiro de 1982), foi uma escritora portuguesa.

Nascida em Lisboa, mudou-se para Moçambique com os pais e seus cinco irmãos em 1910. Só terminou a escola primária aos 16 anos, tendo para isso que insistir com seus pais, que achavam desnecessária a sua formação. A família voltou para Portugal em 1914, mas dois anos depois estava novamente na África, desta vez na Guiné-Bissau.

Em 1921, enquanto seu pai regressava a Portugal, Maria Archer casou-se com o também português Alberto Teixeira Passos. O jovem casal fixou residência em Ibo. Cinco anos mais tarde, após o surgimento do Estado Novo e a crise subsequente, o marido perdeu o emprego num banco e os dois mudaram-se para Faro. Em 1931, divorciaram-se.

Separada, foi morar com os pais em Luanda, onde iniciou sua carreira literária. Publicou a novela Três Mulheres, num volume que continha também a aventura policial A Lenda e o Processo do Estranho Caso de Pauling, de António Pinto Quartin.

Voltou para Lisboa, onde iniciou um período de intensa actividade, produzindo obras sobre a sua vivência na África. Em 1945, aderiu ao Movimento de Unidade Democrática (MUD), grupo de oposição ao regime salazarista. Suas obras passaram a ser censuradas. O romance Casa Sem Pão (1947) foi apreendido. Sem condições de viver da sua produção intelectual, refugiou-se no Brasil, onde chegou em 15 de julho de 1955.

No seu exílio, colaborou com os jornais O Estado de São Paulo, Semana Portuguesa e Portugal Democrático e Revista municipal de Lisboa (1939-1973). Alternou-se entre a literatura de temática africana e as obras de oposição à ditadura portuguesa.

Voltou para Portugal em 26 de Abril de 1979, internada na Mansão de Santa Maria de Marvila, em Lisboa, um asilo onde passou seus últimos três anos de vida.

Obras
Três Mulheres (com Pinto Quartim Graça) - Luanda, 1935 
África Selvagem - Lisboa, Guimarães & lda, 1935 
Sertanejos - Lisboa, Editorial Cosmos, 1936 
Singularidades de Um País Distante - Lisboa, Editorial Cosmos, 1936 
Ninho de Bárbaros - Lisboa,Editorial Cosmos, 1936 
Angola Filme - Lisboa, Editorial Cosmos,1937 
Ida e Volta duma Caixa de Cigarros - Lisboa, Editorial O Século, 1938 
Viagem à Roda de África - romance de aventuras infantis, Lisboa, Editorial O Século, 1938 
Colónias Piscatórias em Angola - Lisboa, Cosmos, 1938 
Caleidoscópio Africano - Lisboa, Edições Cosmos, 1938 
Há dois Ladrões sem Cadastro - Lisboa, Editora Argo, 1940 
Roteiro do Mundo Português - Lisboa, Edições Cosmos, Lisboa, 1940 
Fauno Sovina - Lisboa, Livraria Portugália, 1941 
Memórias da Linha de Cascais - com Branca de Gonta Colaço, Lisboa, Parceria António Maria Pereira, 1943 
Os Parques Infantis, Lisboa - Associação Nacional dos Parques Infantis, 1943 
Ela É Apenas Mulher - com António Maria Pereira, Lisboa, 1944 
Aristocratas - Lisboa, Editorial Aviz, 1945 
Eu e Elas, Apontamentos de Romancista - Lisboa, Editorial Aviz, 1945 
A Morte Veio de Madrugada - Coimbra, Coimbra Editora Lda, 1946 
Casa Sem Pão - Lisboa, Empresa Contemporânea de Edições, 1947 
Há-de Haver uma Lei - Lisboa, Edição da Autora, 1949 
O Mal Não Está em Nós - Porto, Livraria Simões Lopes, 1950 
Filosofia duma Mulher Moderna , Porto, Livraria Simões Lopes, 1950 
Bato às Portas da Vida - Lisboa, Edições SIT, 1951 
Nada lhe Será Perdoado - Lisboa, Edições SIT, 1953 
A Primeira Vítima do Diabo - Lisboa, Edições SIT, 1954 
Terras onde se fala Português - Rio de Janeiro, Ed. Casa do Estudante do Brasil, 1957 
Os Últimos Dias do Fascismo Português - S. Paulo, Editora Liberdade e Cultura, 1959 
África Sem Luz - São Paulo, Clube do Livro, 1962 
Brasil, Fronteira da África - São Paulo, Felman-Rêgo, 1963 
Herança Lusíada - Lisboa, Edições Sousa e Costa, s.d. 

Teatro 
Alfacinha - comédia em 1 acto, 1949 
Isto que Chamam Amor - drama em um acto 
Numa Casa Abandonada - drama em um acto 
O Poder do Dinheiro - comédia em 3 actos 
O Leilão - drama em 3 actos.

Fontes


http://pt.wikipedia.org/wiki/Maria_Archer
http://cvc.instituto-camoes.pt/conhecer/bases-tematicas/figuras-da-cultura-portuguesa/1431-maria-archer.html

Sem comentários:

Enviar um comentário